CONSTANTINA . PACíFICOdownload

  • Juan, el marinerocom Franny glass
  • monte roraimacom wado
  • cubo mágicocom matéria prima
  • pequenas embarcaçõescom Franny glass
  • bagagem extracom vocês
  • download
  • Em muitas viagens, as pessoas costumam gostar de registrar as belezas para não correrem o risco de que elas sejam esquecidas num canto da memória. Os olhos atentos captam as cenas mais admiráveis e possibilitam que outros possam saborear os prazeres de correr mundo afora. A tripulação, pra não esquecer onde colocou as imagens, escreve #constantinapacífico em cada imagem que registra a viagem por esse disco. E toda vez que você chegar nesse endereço, ou se encontrar conosco para armarmos um belo espetáculo, vai enxergar diferentes imagens escondidas por entre os sonidos. [Use #constantinapacifico para que a sua imagem apareça aí embaixo e seja usada nos shows do Constantina. Saravá!]

    Para quem baixar o disco, esperamos que gostem e multipliquem os sonidos em outros espaços. Mas pedimos aos blogueiros, jornalistas, críticos e apaixonados por música que postem e recomendem o disco apontando para o nosso site. (http://www.constantina.art.br/albums/Constantina_Pacifico.zip). Saludos!

    Juan, el marinero

    Letras

    com Franny glass

    A veces Juan camina por el mar

    Y no precisa botas de lluvia

    Incluso algunos piensan que es un pez

    Y otros piensan que es una idiotez


    Los niños quieren fotos junto a él

    Y quieren su autógrafo en papel

    Tiene cuarenta y aparenta diez

    Y algunos dicen que es por la idiotez

    Era o Gonzalo que acabava de chegar de Montevideo.

    Já estava escuro quando encontramos a palavra sustentada

    na leveza do El Marinero. Com ele, as Pequenas Sessões

    tiveram o significado que buscamos por alguns anos…

    o idealismo como uma forma de liberdade!

    MONTE RORAIMA

    Letras

    com wado

    quem não tem pavor

    de ver o monte ao descer

    quem não tem amor

    de ver o mato ao descer


    amor, bonita


    o que se revela

    venezuela

    O cenário invariavelmente idílico.

    Entre tantas aventuras possíveis nessa imensidão territorial,

    nos encontrávamos pela primeira vez com Wado

    num inusitado casamento na Pampulha, em Belo Horizonte.

    Para olhos desatentos não passava de mais um encontro proporcionado pela música.

    Guardamos o sentimento da partilha de ideias bonitas. São elas, afinal,

    que fazem surgir das sonoridades uma potência para deixar as diferenças.

    Cubo Mágico

    Letras

    com matéria prima

    desloca e se encaixa

    as cores mistura,

    as alegres e as puras

    girando em torno de si confundem e trocam os lados

    complicados divertem

    testando a paciência pra ciência

    do viver ficar mais leve

    alguns se solucionam com dificuldade

    outros de forma breve

    mas sempre um desafio se envolve

    até que tudo se resolve

    tudo ao redor se dissolve

    realidade escorre pela vida afora

    enquanto a gente tenta alinhar todas as faces

    ao mesmo tempo agora

    e com todo colorido

    luz, beleza e invertendo o trágico

    nas mãos de Deus

    me sinto um cubo mágico...

    A simplicidade em pessoa "transduzida" em sofisticadas palavras

    nos encantou de tal forma como nunca havia feito. O tempo corre rápido...

    a partir daí percebemos que vozes podiam fazer parte de nossas ideias...

    Pequenas Embarcações

    Letras

    com Franny glass

    Otro atardecer te espero

    Otro atardecer te quiero

    Me gusta recordar los días al sol

    Los días al sol

    No tengo nada que hacer

    No quiero

    No tengo nada que hacer

    Te espero

    En el sol

    Tan dulce y mágico


    Otro atardecer te espero

    En el sol

    Tan dulce y mágico

    As Pequenas Embarcações muitas vezes são tripuladas por grandes homens.

    Um deles se chama Capitán Gonzalo (ou Franny Glass) e o outro

    Marujo Cláudio (ou bearhug) que com suavidade conduziram

    essa navegação por águas desconhecidas para enfim ancorarem

    numa paisagem de calmaria sem fim.

    Lembro que isso aconteceu numa noite em setembro,

    mas o tempo se perde nessa imensidão marítima.

    Bagagem Extra

    Letras

    com vocês

    Lá Láá

    Lá Lá Lááá

    Láááá

    Láááá


    Lá Lá Lááá

    De show em show, irremediavelmente coletivo,

    as vozes foram ganhando força na audiência.

    Confuso seria determinar quando isso aconteceu,

    mas felizmente aconteceu...

    a Bagagem Extra entrou em cena na própria música

    e o cantarolar final agora é tão natural que

    parece que foi composta para ser assim.

    #constantinapacifico